Notícias

Com incertezas e desafios ainda presentes, expectativa de melhoria

Com incertezas e desafios ainda presentes, expectativa de melhoria se volta para o 2º semestre

Após o Executivo obter vitória de aliados políticos na presidência da Câmara dos Deputados e do Senado, houve otimismo na retomada da agenda de reformas. Os novos líderes do Congresso definiram propor uma nova rodada de auxílio emergencial, aumento da vacinação contra a covid-19 e retomada de uma agenda básica de reformas fiscais até outubro; quando os políticos iniciam negociações para a campanha eleitoral de 2022.

Contudo, neste final de fevereiro ainda prevalecem incertezas e desafios:

1. A intensidade de contaminação por covid-19 e suas novas variantes cresceu significativamente, assim como as mortes aceleraram, resultando no colapso hospitalar em muitas regiões e cidades do País. O ritmo de vacinação ocorre em baixa velocidade. O resultado previsível é o risco de milhares de mortes e uma nova contração no movimento econômico. Com base nas previsões dos especialistas em saúde, a queda do contágio e mortes somente será significativamente menor a partir do 2º semestre;

2. A necessidade de nova rodada de auxílio emergencial foi amplamente reconhecida como prioridade pelo Congresso, que está em continua articulação de uma pauta de medidas de emenda constitucional para viabilizar fonte de financiamento desse "uso" social. Mas as contrapartidas de cortes de gastos não estão sendo priorizadas, e sim a busca de formas de financiar esse gasto emergencial com crédito extraordinário ou desindexação de despesas orçamentárias. Portanto, sem corte de gasto haverá maior endividamento. Essa definição e negociação política em curso será importante para o mercado precificar o risco fiscal atual e futuro;
 
3. A retomada da atividade econômica viabilizada em 2020, com base em expressivas medidas fiscais e monetárias, além de medidas de proteção ao emprego e crédito público extraordinário, logrou atenuar significativamente a contração do PIB para cerca de 4%, em vez de 7% a 9% de queda brutal esperada antes;

4. Com o fim do auxílio emergencial e medidas de apoio de 2020, a economia perde tração, ao mesmo tempo que enfrenta taxa de câmbio elevada com a ascensão do preço das commodities em geral, problemas de suprimento de matéria prima básica para produção, incerteza sobre trajetória do risco fiscal, instabilidade nos mercados de ativos e maior prêmio de risco nos juros longos. A taxa de inflação está em trajetória de alta. Em fevereiro, IPCA-15 de 0,48% (4,60% em 12 meses) e IGP-M de 2,53% (28,94% em 12 meses);

5. O COPOM BACEN tem uma dura decisão a tomar. Por um lado, avalia um "hiato do produto" elevado que requer "taxa de juros altamente estimulativa" (vide gráfico). Por outro, o quadro de inflação atinge patamar elevado, exigindo revisão da política de juros - que já foi sinalizada. O desafio é fazer um ajuste gradual de juros com limites de alta.

Quando começar? COPOM de 17 de março ou em 5 de maio.

Melhor começar já!

Evolução do Crédito no Sistema Financeiro Nacional (BACEN) - itens selecionados

 

Indicadores financeiros, Pesquisa Focus (BACEN) e Projeções

B3 (Ibovespa) e R$/USD

DISCLAIMER

1) A presente Newsletter foi preparada pela Tingas Consultoria, Assessoria e Treinamento Ltda., a pedido de Omni Banco S.A. (“Omni Banco”) e não deve ser considerada um relatório de análise

para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018 ou quaisquer outras regulamentações aplicáveis relacionadas ao tema.
2) Esta Newsletter tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas e não constitui e nem deve ser interpretada, sob nenhum aspecto, como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas nesta Newsletter foram consideradas razoáveis na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. O Omni Banco não dá ne nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. A presente Newsletter não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nela abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas no presente informativo refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo desta Newsletter na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. O Omni Banco não tem obrigação de atualizar ou modificar esta Newsletter, tampouco de informar o leitor.
3) O responsável pela elaboração desta Newsletter certifica que as opiniões, estimativas e projeções nela expressas refletem, de forma precisa, única e exclusiva, sua visão e opinião pessoal, tendo sido produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação ao Omni Banco.
4) Esta Newsletter é destinada à circulação exclusiva para a rede de relacionamento do Omni Banco, podendo ser distribuída para os seus clientes, bem como para os clientes das empresas integrantes do grupo econômico do qual o Omni Banco faz parte e divulgada no site http://www.omni.com.br. Fica proibida a reprodução e/ou a redistribuição desta Newsletter para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso do Omni Banco.
5) O Omni Banco e/ou quaisquer das empresas integrantes de seu grupo econômico não se responsabilizam por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas nesta Newsletter e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo.
6) Para maiores informações sobre os produtos e serviços do Omni Banco, favor acessar o site http://www.omni.com.br

 

Fonte: Omni Banco & Financeira

Notícias relacionadas

2021-09-03 15:50:00

Desafios ampliados no 2º semestre

por NICOLA TINGAS Leia mais.
2021-08-18 18:10:00

Retomada da atividade enfrenta fatores limitantes

por NICOLA TINGAS Leia mais.
2021-07-28 04:35:00

Desafio para o Copom: Inflação elevada X normalização da taxa de juros

por NICOLA TINGAS Leia mais.

Este site coleta cookies para melhorar a sua navegação, permitindo que todos os recursos sejam exibidos e funcionem corretamente.

Queremos que tenha uma excelente experiência ao navegar por aqui.

Caso queira excluir os cookies você pode realizar diretamente em seu navegador através das configurações de navegação.

Se quiser entender mais sobre a coleta de cookies e o tratamento de dados pessoais que realizamos em nosso site, envie um e-mail para [email protected].