Notícias

Momento Econômico | Ano 1 - Edição 03

por Nicola Tingas

 

Economia enfrenta baixa confiança e marcha lenta. No cenário político a definição das candidaturas trouxe algum sinal favorável, contudo predomina incerteza.

Recentemente houve ligeira melhora de expectativas no cenário externo e interno, permitindo valorização da taxa de cambio (R$/USD) e breve recuperação de ativos de risco. Contudo, nos próximos meses prevalecem fatores de incerteza e volatilidade, com consequente maior risco na tomada de decisão empresarial e familiar; ambiente que reduz a confiança, posterga decisões e restringe o ritmo de recuperação da economia.


No cenário internacional, a reunião de Donald Trump com o presidente da União Europeia, Jean-Claude Juncker, marcou o início de negociações rumo a um ambiente comercial de “tarifa zero”. Esse movimento foi interpretado como um sinal de que Trump poderá ceder e negociar de forma mais flexível também com a China em futuro próximo, após as eleições do Congresso americano dia 6 de novembro. Assim, houve um alivio nas moedas emergentes a algum retorno de ativos financeiros de risco. Contudo, além de volatilidade e risco trazidos pelo crescente conflito comercial entre USA e China e sua transmissão desfavorável no comércio e crescimento global; a economia americana está em atividade robusta, pleno emprego e presumíveis pressões inflacionárias mais a frente. O FED,mesmo que gradualmente, continuará elevando a taxa de juros com atração de fluxos de capital e valorização do Dólar e desvalorização de moedas emergentes. Reforçando nossa expectativa de volatilidade do câmbio entre R$/USD 3,50 e 4,00 até o fim ano.

No cenário local, predomina a cautela perante o ambiente externo de riscos, e principalmente devido a incerteza sobre a eleição presidencial e política econômica a partir de 2019. Esse contexto agregado restringe a tomada de decisão empresarial e familiar e posterga a recuperação da economia, que ocorre em marcha lenta. Além disso, fatores que já estavam presentes no campo econômico continuam sendo restrições importantes: desemprego ainda muito alto, inflação pressionada no curto prazo e renda reprimida; investimento baixo e insuficiente, finanças públicas muito frágeis e restritivas, ausência de poupança, etc. A atividade econômica tem refletido esse contexto. A indústria cresceu 3,5% em junho recuperando perdas da “greve dos caminhoneiros”, mas abaixo da expectativa de indicar maior impulso de recuperação anual.

Nesse quadro, o COPOM decidiu manter a taxa básica de juros em 6,5% ao ano...”reiterando que a conjuntura econômica prescreve política monetária estimulativa, ou seja, com taxas de juros abaixo da taxa estrutural... enfatiza que a continuidade do processo de reformas e ajustes necessários na economia
brasileira é essencial para a manutenção da inflação baixa no médio e longo prazos, para a queda da taxa de juros estrutural e para a recuperação sustentável da economia”.

Assim, o mercado segue estimando provável manutenção da taxa de juros pelo menos até o final de 2018. Com política monetária estimulativa e alguma recuperação da atividade econômica ao longo do ano, o Crédito tem registrado uma expansão favorável desde final de 2017 e ao longo de 2018. O Carteira (Saldo) de Crédito Livre Pessoa Física cresce a ritmo de 3,6% no ano e da Pessoa Jurídica em 3,4% ano, confirmando maior demanda PF e PJ. Vide próxima página.

 

2 - Evolução do Crédito no Sistema Financeiro Nacional (BACEN) - itens selecionados

 

3 - Indicadores financeiros & Projeções Pesquisa Focus (BACEN) e ACREFI

 

DISCLAIMER
1) A presente Newsletter foi preparada pela Tingas Consultoria, Assessoria e Treinamento Ltda., a pedido de Omni Banco S.A. (“Omni Banco”) e não deve ser considerada um relatório de análise
para os fins do artigo 1º da Instrução CVM nº 598, de 3 de maio de 2018 ou quaisquer outras regulamentações aplicáveis relacionadas ao tema.
2) Esta Newsletter tem como objetivo único fornecer informações macroeconômicas e análises políticas e não constitui e nem deve ser interpretada, sob nenhum aspecto, como sendo uma oferta de compra/venda ou como uma solicitação de uma oferta de compra/venda de qualquer instrumento financeiro, ou de participação em uma determinada estratégia de negócios em qualquer jurisdição. As informações contidas nesta Newsletter foram consideradas razoáveis na data de sua divulgação e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. O Omni Banco não dá ne nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. A presente Newsletter não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nela abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas no presente informativo refletem a opinião atual do responsável pelo conteúdo desta Newsletter na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. O Omni Banco não tem obrigação de atualizar ou modificar esta Newsletter, tampouco de informar o leitor.
3) O responsável pela elaboração desta Newsletter certifica que as opiniões, estimativas e projeções nela expressas refletem, de forma precisa, única e exclusiva, sua visão e opinião pessoal, tendo sido produzidas de forma independente e autônoma, inclusive em relação ao Omni Banco.
4) Esta Newsletter é destinada à circulação exclusiva para a rede de relacionamento do Omni Banco, podendo ser distribuída para os seus clientes, bem como para os clientes das empresas integrantes do grupo econômico do qual o Omni Banco faz parte e divulgada no site http://www.omni.com.br. Fica proibida a reprodução e/ou a redistribuição desta Newsletter para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso do Omni Banco.
5) O Omni Banco e/ou quaisquer das empresas integrantes de seu grupo econômico não se responsabilizam por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas nesta Newsletter e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo.
6) Para maiores informações sobre os produtos e serviços do Omni Banco, favor acessar o site http://www.omni.com.br

Fonte: Omni Soluções Financeiras

Notícias relacionadas

2019-04-30 14:20:00

Omni fica em 1º lugar no Ranking de Qualidade de Ouvidorias

BACEN divulga Índice de Qualidade de Ouvidorias extraídas da base de registros coletados no atendimento do próprio BC Leia mais.
2019-03-08 11:50:00

Momento Econômico | Ano 2 - Edição 14

por NICOLA TINGAS Leia mais.
2019-02-19 10:50:00

Momento Econômico | Ano 2 - Edição 13

por NICOLA TINGAS Leia mais.